a verdadeira história dos Super-Heróis

SINOPSE

Os super-heróis sempre fizeram parte da mitologia de qualquer garoto. Nesta peça os super-heróis são falíveis e destituídos de poderes especiais e ganas de salvar o mundo. São patéticos com seus poderes inúteis e em sua vil humanidade se sentem ainda mais próximos de quem os idolatra. A brincadeira lúdica de crianças, que tem em seus super-heróis amigos muito mais próximos do que um adulto pode tentar imaginar. 

Todo espetáculo do La Mínima, sempre parte da concepção da ideia, antes da escolha ou elaboração do texto ou roteiro. Neste momento, o foco estava voltado ao aprimoramento do jogo cênico da dupla, abrindo mão de recursos ou efeitos externos. Para nos auxiliar naquela etapa, convidamos dois grandes profissionais e amigos, com trajetórias profissionais que apontavam para este caminho: Mario Bortolotto escreveria seu primeiro infanto-juvenil e Jairo Mattos, amigo ator e palhaço, assumiu a direção.

 

Julgamos também que seria oportuna a reflexão sobre nossa profissão, o palhaço. Para que ser palhaço? Quem precisa de um palhaço? Pra que serve o palhaço? Os palhaços possuem poderes muito especiais, mas que aparentemente não servem pra nada. Mesmo assim eles continuam atraindo e divertindo adultos e crianças.

Estava decidido, nascia ali “A Verdadeira História dos Super-Heróis”.

HISTÓRICO

2004   O espetáculo estreou no SESC Belenzinho, permanecendo em temporada de 14 de agosto a 03 de outubro.

FICHA TÉCNICA ORIGINAL

 

Texto original: Mário Bortolotto
Direção: Jairo Mattos
Elenco: Domingos Montagner e Fernando Sampaio
Figurino e adereços: Inês Sacay
Iluminação: Wagner Freire
Trilha sonora: Domingos Montagner
Operação de som:  Magno Rodrigues
Operação de luz: Paulo Souza
Produção executiva e administração: Luciana Lima
Realização: LaMínima